Você está aqui: Home » Área Verde » Parque Urbano vai sendo inviabilizado

Parque Urbano vai sendo inviabilizado

 

Corte de mata nativa na área pretendida como Parque Urbano. Foto: Antonio Soler/CEA.

 

Quanto mais a cidade cresce, mais o banhado desaparece!!!!

Apesar de ser apontado por diversos estudos técnicos e manifestações politicas como relevante para a qualidade de vida da cidade, o Parque Urbano de Pelotas (http://ongcea.eco.br/blog/?p=42431) vai aos poucos perdendo terreno e sendo degradado e sua diversa vida com a inercia do governo municipal somada ao interesse do mercado imobiliário.

A área de banhado, mata nativa e campo junto a abandonada Praça Palestina (http://ongcea.eco.br/blog/?s=pra%C3%A7a+palestina), já perdeu terreno para um edifício residencial, ginásio de esportes do município, ruas, avenidas e ciclofaixa, além de sofrer diversos danos permanentes como a colocação de lixo e incêndios eventuais, como ontem, 20.04.18 (https://www.facebook.com/CEAong/videos/2145867492313400/?t=7).

 

Danos à vegetação que ainda não estava em chamas. Foto: Antonio Soler/CEA.

 

Além do fogo no banhado pretendido como Parque Urbano, foi possível verificar danos à vegetação que ainda não estava em chamas.  O Corpo de Bombeiros informou que não combateria o incêndio, pois o mesmo estaria restrito…  ao banhado. Conclusão: como é banhado (natureza) não tem problema em queimar!!!!

Ficam alguma duvidas, entre tantas:

– Como o incêndio começou se as chamas estavam no centro do terreno?

– O sinistro foi provocado?

– Provocar incêndio não é crime?

Cabe lembrar que os banhados são protegidos por lei!!!!

O Centro de Estudos Ambientais, entendendo que é fundamental para a proteção ambiental que as pessoas conheçam, no mínimo, o ambiente onde vivem, promoveu  diversas atividades de educação ambiental focando nos banhados, com saídas de campos. Isso deveria ser permanente e promovido pelo governo municipal, mas, ao contrario, o governo apoia a flexibilização de leis que os protegem.

Oficina de banhados, atividade de Educação Ambiental, promovida pelo CEA, em 2003, no local do Parque Urbano, Pelotas/RS. Foto: CEA.

Scroll to top